Imprensa

15-Dez-2015 00:00 - Atualizado em 03/03/2017 15:39

A máscara do PSDB cai pelo golpe

Presidente nacional do PT fala sobre a importância de mobilização em defesa da democracia brasileira e pelo mandato de Dilma

,
Nesta semana em que todas nossas ações devem voltar-se para a mobilização do dia 16 em todo o País, um registro que não poderia faltar: o PSDB tirou a máscara e entrou de cabeça no golpe.

Com o mote de que impeachment não é golpe, embora a peça encampada por Eduardo Cunha e por eles não aponte qualquer crime da presidenta Dilma Rousseff, os liderados de Aécio Neves, Fernando Henrique Cardoso, José Serra, Geraldo Alckmin e cia, abraçam um programa neoliberal e conspiram abertamente para montar um novo governo - sem eleições.

Em todo o Brasil, a militância do PT mobilizou-se, saiu às ruas e somou-se às várias frentes de luta que se uniram em defesa da democracia, contra o golpe, pelo mandato legítimo da presidenta Dilma e pela retomada do crescimento econômico.

Transformar o dia 16 e sua continuidade numa grande coalizão semelhante a que se constituiu no segundo turno de 2014 é o melhor presente à jovem democracia brasileira e, por que não, também à nossa presidenta no seu aniversário neste 14 de dezembro.

(Rui Falcão é presidente nacional do PT)

Deixe seu Recado