Imprensa

29-Jul-2013 00:00 - Atualizado em 03/03/2017 15:38

Agricultura Familiar: fonte de renda, de vitamina e de desenvolvimento econômico

A Agricultura Familiar tem recebido, enfim, a atenção merecida em nossa região. Isto graças ao meu interesse por resgatar a conversa com os agricultores da Fazenda Ipanema e região, que segundo o Incra, representa mais de 200 famílias na região Iperó.

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Governo Federal, ganhou mais clareza: o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) publicou, em junho, no Diário Oficial da União, a Resolução n° 26, de 17/06/2013, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos de educação básica no âmbito do (PNAE) e traz as novas regras da aquisição de gêneros alimentícios. (Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário)

A partir desta Resolução, os compradores terão maios segurança e conhecimento quanto ao modelo de compra, que será realizada através da Chamada Pública. Este melhoramento é mais um reforço à implantação da Agricultura Familiar na merenda escolar, já regulamentada pela  Lei nº 11.947/2009 determina a utilização de, no mínimo, 30% dos recursos repassados pelo FNDE para alimentação escolar, na compra de produtos da agricultura familiar.

Os municípios devem criar consciência de que mais do que cumprir a Lei os produtos oriundos daAgricultura Familiar são frutas, verduras e demais produtos de qualidade, sem agrotóxicos, ou seja, orgânicos. O custo benefício deste investimento dos municípios, alimento a baixo custo e de qualidade às crianças, proporcionam à própria cidade, a comercialização local sem atravessadores e com retorno financeiro ao município.

Em diversas reuniões já feitas com cooperativas de Sorocaba e região, conseguimos identificar algumas dificuldades dos pequenos agricultores em comercializar os teus produtos no modelo de produção exigido pelo (PNAE). Algumas dificuldades envolvem a dificuldade de negociar dívidas com o banco e assim, contratar novas linhas de crédito para aquisição de equipamentos de embalagem e tratores que possibilitam o aumento da produção.

Após intermediar o contato das cooperativas com os gerentes dos bancos foi então, iniciado os diálogos entre as duas partes rumo à implantação da merenda de qualidade nas escolas. Isto tudo é fruto de uma visão ampla sobre a zona rural das cidades - que estão sendo ‘engolidas' pela especulação imobiliária - mas que tem muito a oferecer à população que a cerca. Eu os respeito e ei de lutar que a nossa região dê maior atenção aos pequenos agricultores que plantam os teus produtos respeitando o meio ambiente, oferecendo produtos de qualidade, colaboram com o crescimento regional e sustentam suas famílias com dignidade.

Deixe seu Recado