Imprensa

12-Jan-2021 10:53
Luta

Iara Bernardi e a luta pela educação entre 2017 e 2021: um breve levantamento

Desde 1977, quando participou de lutas e greves dos professores como liderança da APEOESP, Iara Bernardi luta constantemente pela educação.

Nos últimos anos, como vereadora em Sorocaba, tem dedicado muitos esforços por defender a rede municipal e estadual de educação, visando combater o caos que se instaurou na cidade.

Em 2017, combateu a ideia de implantação do programa Escola Sem Partido, fazendo ampla audiência pública e debatendo com autoridades e especialistas durante todo aquele ano.

Em 2018, visitou escolas, fez reuniões com diretoras e diretores, professoras e professores, auxiliares de educação e demais trabalhadores do setor. Cobrou constantemente a volta das escolas de tempo integral e mais recursos para reformas, bem como a construção de novas unidades de educação, como a do Carandá e Altos do Ipanema.

Também em 2018, Iara, presidenta da CPI da Merenda, aponta desvios, crimes e desordem no setor da alimentação escolar de Sorocaba.

Ainda em 2018, Iara denunciou o Prefeito Crespo por improbidade administrativa, pela compra do material didático do SESI, tendo ele gasto mais de R$ 10 milhões com esse material.

Em 2019, Iara denunciou o Prefeito Crespo e o então secretário, André Gomes, por gasto de R$ 9,6 milhões de reais em material escolar duplicado.

Também em 2019, Iara fez uma ampla audiência pública para debater, com diretores, polícia Militar, polícia Civil, GCM e secretaria da Educação, a segurança nas escolas municipais da cidade.

Ainda em 2019, Iara defendeu a criação de uma política municipal de qualificação permanente dos servidores públicos atuantes na educação especial e educação infantil, através de convênio com a UFSCar e o Instituto Federal de Tecnologia de São Paulo - Campus Sorocaba. Como já vinha fazendo nos anos anteriores, Iara continuou defendendo a criação de um espaço físico na rede municipal para abrigar cursos da UFSCar na educação infantil, dando formação continuada aos servidores e servidoras do setor.

Também em 2019, Iara Bernardi participou das discussões de implantação de novos cursos superiores no IFSP - Sorocaba. Hoje, na área da educação, o campus conta com o curso de pedagogia.

No final de 2019, Iara continuou a visitar dezenas de escolas, detectando problemas, conversando com a comunidade escolar e cobrando melhorias das autoridades, fazendo com elas reuniões e debates.

Em 2020, Iara já havia visitado mais de 50 escolas, desde unidades que tinham pequenos problemas, até escolas que foram invadidas e furtadas constantemente. Você pode ler o relatório completo das visitas neste link: RELATÓRIO DAS VISTORIAS EM PRÉDIOS PÚBLICOS DA EDUCAÇÃO

No final de 2020, Iara conseguiu suspender, através do Ministério Público e da Justiça, a implantação das escolas cívico-militares em Sorocaba.

Em 2021, Iara tem cobrado enfaticamente a implantação de equipamentos de segurança nas escolas. Ela já fez reuniões com trabalhadores e trabalhadoras do setor e contato com a GCM para tratar disso.

Assessoria de Imprensa
Deixe seu Recado