Imprensa

13-Abr-2015 00:00 - Atualizado em 03/03/2017 15:39

Menoridade educacional, já!

Tão atual como urgente

A educação dos menorzinhos, a educação na mais tenra idade, a educação desde a Primeira Infância é a arma mais poderosa para interromper o ciclo perverso da violência, no país. A raiz da desigualdade social está na diferença de cuidados e de educação ao nascer. Todas as crianças pequenas têm que ter as mesmas condições. Direito ao pré- natal; direito à amamentação; direito ao contorno dos braços, que ampara e molda; direito ao olhar da mãe, que gera confiança; direito ao atendimento quando sente fome e frio, que o faz acreditar no outro e ter fé na vida. Os Direitos Humanos devem acima de tudo ser asseguradores da oferta de creches, da oferta da educação infantil, em tempo integral; do ensino fundamental em escola bonita, limpa e organizada, com professores bem pagos e preparados, ensino de alta qualidade,em tempo integral; um ensino médio em escolas atraentes e integradoras, nas quais se aprenda os conteúdos técnicos e dramáticos, através da arte, que emociona ao tempo que instrui,ensinando os jovens a lidarem com as suas emoções.
Vamos reduzir a idade do ingresso das criancinhas na escola: de quatro anos para zero ano e prolongar a permanência dos adolescentes até a maioridade!

Deixe seu Recado